Massa de peixe e camarão (gratinada)

Cobri o Outono com as cores que mais gosto de lhe ver. A comida de conforto para mim é isto: depois de vestir o pijama e calçar as pantufas, sirvo-me sem peso na consciência.  Aqui, não há gorduras ou natas adicionadas (as boas massas não precisam de disfarces) e eu fiz tudo o que as mãos quiseram, em modo autómato e sem receitas previamente escritas ou imaginadas.  Os ingredientes estavam atrás da porta da despensa ou na gaveta do congelador. Só o queijo veio na mala de Florença. Tem uma cura de 24 meses (encontrarão parecido em grandes superfícies ou lojas especializadas) e o pequeno investimento vale muito a pena: é um daqueles casos em que o efeito terapêutico cria adição e nós não só não nos importamos como até agradecemos.   INGREDIENTES[4 pessoas] 3 medalhões de pescadaSumo de 1 limão1 folha de louro200 g de miolo de camarão (calibre 30/40)200 g de massa (cotovelinhos)1 cebola2 dentes de alhoUm fio de azeite2 mãos cheias de espinafres baby1 ovo1 chávena de leite1 chávena de queijo parmesão raladoSal e pimenta preta q.b.PREPARAÇÃO Temperamos os medalhões com sal, pimenta e sumo de limão. Deixamos marinar entre 15 a 20 minutos. Pomos um tacho,...

Continuar a ler

Sopa rica de peixe

Há dias em que não apetece frio nem calor, praia nem campo, sol nem chuva, carne nem peixe. Há dias de quase nada. É assim que Patrick Modiano começa o seu último romance (Para que Não te Percas no Bairro, editado pela Porto Editora): “Quase nada. Como que uma picada de insecto, que a príncipio parece muito leve”. Às vezes apetece quase nada, mas que seja leve. Uma sopa de peixe talvez? Reconfortante, a dar as boas-vindas a esta estação tão bonita. INGREDIENTES[4 a 5 pessoas]2 lombos de pescada5 ou 6 grãos de pimenta preta1 folha de louro1 fio de azeiteSal q.b. 1 cebola pequena1 dente de alho (sem gérmen)1 cenoura6 a 7 tomates madurosMeia chávena de massa (usei capeletti, mas idealmente seria cotovelinhos)Camarão cozido q.b. (calibre 60/80)Sal q.b.Pimenta preta moída na horaCoentros picados grosseiramente, a gosto PREPARAÇÃO Começamos por cozer o peixe num tacho pequeno. Assim que a água ferver, adicionamos os grãos de pimenta, o louro, o fio de azeite, o sal e, por fim, a pescada. Deixamos que coza por cerca de 10 minutos. Coamos a água da cozedura do peixe para um recipiente e reservamos. Num outro tacho (maior) refogamos com um fio de azeite a cebola,...

Continuar a ler