Bolinhos de grão e caril

Gosto de preparar refeições rápidas durante as férias e com ingredientes que se encontram facilmente na mercearia local.  Estes bolinhos são uma espécie de falafel e, uma vez que estou no Alentejo, não tinha como não os perfumar com coentros. Fazem-se em cinco minutos. Depois vão ao forno e quando saem alegram qualquer estômago que tenha a sorte de se cruzar com eles.Além disso, são perfeitos para levar na marmita da praia e não incorrer na tentação das bolas de berlim. Bom, quer dizer…  E as saudades que tenho do nariz intrometido do costume? INGREDIENTES[6 a 8 bolinhos] 1 lata pequena de grão-de-bico cozido (410 g)Meia courgette raladaMeia cenoura ralada (ou uma cenoura pequena) 1 dente de alho (sem gérmen) 1 colher de café (rasa) de caril 1 colher de café de sementes de linhaça Folhas de coentros q.b. Sal e pimenta preta moída na hora q.b. PREPARAÇÃO Pré-aquecemos o forno a 180º. Trituramos o grão-de-bico num processador de aimentos (ou Bimby) até obter uma pasta. Reservamos. Juntamos a cenoura e a courgette, o alho picado, as sementes, o caril e os temperos. Envolvemos bem. Acrescentamos os coentros picados e voltamos a misturar. Moldamos os bolinhos, ligeiramente achatados, e levamos ao forno,...

Continuar a ler

Muffins de framboesa

Em casa dos meus pais há uma miríade de árvores de fruto – e parece-me que todos os dias mais. Na adolescência nunca valorizei nada daquilo. Naquela altura, a coisa que eu mais queria era sair dali e respirar um mundo novo. Procurava a confusão, e não a calma; queria pessoas, e não o silêncio; desejava a cidade, e não o campo.Aos 17 anos, quando cheguei ao Porto com as malas e os sonhos, a vontade de ficar foi, provavelmente, a única coisa que não mudou até hoje. Quem conhece esta cidade não mais quer sair. E, depois, continuam a chegar-me as coisas do campo: a simplicidade, a leveza, a fruta biológica, a conversa fácil e em tom bem audível, o trato simples. O amor e as framboesas sempre.   INGREDIENTES [6 muffins]Receita adaptada da Lorraine Pascale 175 g de farinha super fina com fermento 1 colher de sobremesa de bicarbonato de sódio 1 pitada de sal 110 g de açúcar amarelo + extra para a cobertura 1 colher de sobremesa de canela em pó (opcional) 175 ml de leitelho (ou leite normal ao qual juntamos uma colher de sobremesa de sumo de limão e deixamos repousar por cinco minutos),...

Continuar a ler

Granizado de melancia e gengibre (drenante)

Comprei este jarro em Istambul. Era Janeiro. Estava um frio e um vento que tornavam qualquer passeio na rua quase tortuoso… e eu não tinha como vestir mais camisolas. Tinha nevado durante duas semanas consecutivas e os turcos diziam que até para eles aquelas temperaturas não eram habituais. Uma boa parte dos locais de visita obrigatória são cobertos, mas, por algum motivo, só vi aquecedores nas esplanadas dos restaurantes e nos hotéis. As mesquitas, a Cisterna da Basílica ou o Palácio Topkapi eram espaços inóspitos, mas a cidade é tão encantadora que ficar no hotel à espera que o termómetro se solidarizasse com as minhas pernas inertes era impensável.  No último dia da estadia, e após uma visita ao magnífico Museu da Inocência, encontrei a loja Ham:m, em Beyoğlu, do outro lado da Ponte de Gálata. Deixei lá o meu coração – e parte do dinheiro que me sobejava.  Não há muitas peças às quais me afeiçoe tanto, mas esta pequena garrafa de vidro fino é tão simples e tão frágil, que me senti na obrigação de a proteger de todas as mãos de manteiga que lhe tocassem. Era a última.     INGREDIENTES 400 g de melancia, cortada em,...

Continuar a ler

Frango no forno com maçã fuji e abóbora

O tempo tem em mim uma influência verdadeiramente assustadora.  Esta manhã quando abri a janela, não vi mais do que a sombra daquele que foi o primeiro dia de Verão, da pele a dourar ao sol e do barulho melodioso das ondas que se espraiam com força na areia. Antes de sair de casa, troquei as sandálias por botins, o top de alças por manga comprida e o meu bom humor é capaz de se ter perdido também pelo caminho. Eu sei, estas fotografias não combinam com o que acabo de escrever. São a antítese de tudo isso, ou, como eu prefiro vê-las, uma forma de protesto.  Bem-vindo, Verão. Sê generoso, que nós esperamos mais de ti. INGREDIENTES[2 pessoas] 2 pernas de frango250 g de abóbora, descascada e cortada em pequenos cubos2 maçãs fuji, descascadas e cortadas em pequenos cubos1 ramo pequeno de alecrim 1 dente de alho, esmagado, com cascaSal e pimenta preta moída na hora q.b.1 colher de chá de sementes de mostardaRaspas de limão q.b.Azeite q.b.2 fatias finas de manteiga (cerca de duas colheres de sopa)Meio copo de águaPREPARAÇÃO Pré-aquecemos o forno a 220º. Num tabuleiro de forno, misturamos a abóbora e as maçãs, o alecrim, o,...

Continuar a ler